leonardo_contador_-700x451.jpg

Conta Mais! Histórias em Hospitais

 

No “I Simpósio O Voluntariado: Filantropia e Cidadania” (realizado em 2004) foi apresentado o programa “Contadores de Histórias para Crianças e Adolescentes Hospitalizados”, por Valdir Cimino, idealizador e, então, presidente da ONG - Associação Viva e Deixe Viver. Atendendo ao grande interesse demonstrado pelos participantes, um grupo de pessoas ligadas ao Centro de Voluntariado de Ribeirão Preto começou a viabilizar a proposta de implantar este projeto em nossa cidade.

 

O programa forma voluntários contadores de histórias que atuam em Hospitais e Casas de Apoio junto a crianças e adolescentes, visando transformar sua internação, e/ou vivência em uma Casa de Apoio, em um momento mais alegre, agradável e descontraído, oferecendo um atendimento individual e contribuindo para o bem estar de seus familiares e de toda equipe envolvida no processo.

 

Outro objetivo do programa é desenvolver o hábito da leitura. O projeto piloto foi implantado em 2005, tendo como primeiro parceiro o Hospital Santa Lydia, contando com a total adesão da diretoria, equipe médica, de enfermagem e de todos os envolvidos no ambiente hospitalar. Com o sucesso do resultado os contadores estenderam sua atuação à Casa de Apoio à Criança com Câncer - GACC (no campus da USP) e aos hospitais: Santa Casa, Sinhá Junqueira e Unidade de Emergência do HC. Desde o início de sua implantação, em 2005, até hoje, 2020, o projeto já formou 11 turmas de voluntários (homens e mulheres com mais de 18 anos). com mais de 600 voluntários capacitados. De agosto de 2005 a dezembro de 2020 foram mais de 58.750 atendimentos, com aproximadamente 23.000 horas doadas.